Francisco Cipriano

Professor de Percussão

Biografia

Francisco Cipriano é um percussionista dedicado à música contemporânea residente em Portugal/Suíça. Frequentou a Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou com Pedro Carneiro, Jeffrey David e Richard Buckley e onde obteve a licenciatura. Encontra-se a terminar o mestrado em performance, na Hochschule fur Kunst Bern com Brian Archinal. Em 2019, ganhou uma bolsa de estudo oferecida pela Hochschule fur Kunst Bern e ganhou uma bolsa da Fundação GDA. Em 2020, ganhou uma bolsa da Hirschmann Foundation.

Em 2017 fundou o Merak Trio – Percussion Trio – que se foca na música contemporânea. Tocou nos principais Festivais de Música de Câmara de Portugal, tais como CisterMúsica, Percutir, Festival Jovens Músicos, entre outros.

Foi premiado em alguns dos principais concursos em Portugal, obtendo o 1º lugar no Concurso Internacional de Lagos, no Grand Prix no Concurso da Madeira e o 2º lugar no Prémio Jovens Músicos, nível médio e superior, e 1º lugar no Concurso Internacional de Percussão da Beira Interior entre outros.

Estreou várias peças em colaborações diretas com compositores tais como Simulation I (Tobias Pfeil), Vibra-a-phone (Jorge Ramos), Pirâmide de Aristóteles (João Caldas), Concerto para marimba e orquestra (Luis Cipriano), Mercutio (Miguel Curado), entre outros. No último ano fez parte da criação artística do Anel do Unicórnio (com o Teatro do Elétrico), Unfold (Kayzer Ballet), Transforme L’Homme com os percussionistas Tomás Moital, Pedro Tavares e o desenhador de luz Pierre Carré, numa colaboração com Fundação calouste Gulbenkian, colaborando assim com diversas componentes artísticas.

Gravou o CD flutuações com a flautista Katherine Rawdon e com o Ensemble Darcos Times Stand Still.

Desde 2021 que procura lançar a sua carreira de freelancer por toda a Europa com foco principal na exploração de Música contemporânea e colaborações regulares com artistas.

Apoios

Escola de Ensino Artístico Especializado da Música com financiamento do Ministério da Educação para leccionar Cursos Oficiais de Música.
2023 © CAPA